Testemunho – Oxigênio Ouro Fino

11162354_449141141923529_705560170235243615_n

 

Organizar um Oxigênio é muito louco! É comprovar que Deus está no controle de todas as coisas e que você não é capaz de fazer nada sozinho.

Com o passar dos meses antes do evento, algumas coisas foram dando certo, outras não e, honestamente, tudo o que eu esperava que fosse fácil, foi difícil, e vice-versa. Apesar disso, experimentei a paz e conforto de Deus que esteve comigo durante toda organização, durante todo o evento e também agora.

A experiência é quase indescritível e o desafio foi grande. Principalmente na última semana, quando uma série de desistências nos abalaram e quase tivemos que modificar a data do evento. Mas Deus foi gracioso e logo na quinta-feira (14/05) já estava preparando os últimos detalhes como liturgia dos cultos, decidindo textos, vídeos e etc…

Na sexta-feira começamos a decoração da IPI de Ouro Fino, que realmente apoiou nosso trabalho. Não conseguimos fazer toda decoração que queríamos, mas o principal foi feito, novamente, foi só pela graça de Deus, que me enviou ajudantes que toparam o “trabalho escravo”.

Logo a noite, resolvendo os últimos detalhes (imprimindo papeis, cortando papeis…), todas as pessoas que iriam dormir lá em casa chegaram e tivemos um momento de comunhão e de conhecimento de um pouco da vida de cada um. Estávamos Wesley (chefe), MV, Juliana, Carol (que me ajudou o dia todo), meus irmãos e eu.

A ansiedade do evento me acompanhou até começarmos o culto de abertura do sábado de manhã e não me deixou até domingo, onde realmente vi que tudo estava sendo uma bênção e que Deus me enviou uma equipe maravilhosa, que superou minhas expectativas.

A cada parte do evento que dava certo eu agradecia a Deus e louvava porque sabia que não tinha sido por mim que tudo aquilo estava funcionando tão bem, e sim por Ele. É claro que tivemos alguns problemas, como estourar uma panela de pressão, não conseguir transmitir todos os cultos online… mas ao longo dos dois dias (que pareceram uma semana) tudo foi se acertando e foi bênção pra todos as pessoas que tiveram a oportunidade de participar.

O mais gratificante foi ver os participantes ouvindo e entendendo a mensagem passada pelo Rev. Plattiny, que foi muito usado por Deus em todas as pregações feitas. Além disso, algumas pessoas da minha igreja que ajudaram vieram falar comigo, emocionados por poderem prestigiar jovens se quebrantando e mostrando interesse de aprender de Deus.

Isso foi o que mais me marcou em todo o evento. E também uma frase, uma das primeiras que o Plattiny falou no primeiro culto: “É perdendo que se ganha” traduz o meu sentimento pelo Oxigênio Ouro Fino. Apesar de tudo, Deus foi glorificado com as vidas ali presentes. Com todas as pregações, com as oficinas ministradas pelos nossos pastores Rev. Alex Alves e Rev. Itamar Pereira que falaram bastante aos nossos corações também.

O Oxigênio Ouro Fino cumpriu seu propósito de abençoar e capacitar jovens líderes, como também me abençoou e me capacitou a seguir em frente com a minha missão. Agora, minha oração é que este trabalho continue dando muitos frutos Brasil afora e que tudo o que ouvimos possamos colocar em prática e realmente IR e fazer discípulos, liderar e ser liderados, aprender com Deus numa transformação de mente diária. Tudo isso só para Ele. Amém!

UMPIBR: Maressa Rodrigues da Silva sobre o O2 Ouro Fino

Post a comment

You must be logged in to post a comment.

Print your Inscrições